Skip to content

Finalizando o documentário “Malucxs de Estrada”

22/11/2013

Edit cogu

Neste mês de novembro concluímos a decupagem (os cortes e a montagem das cenas) de 3 anos de filmagens realizadas sobre o universo cultural dos artesãos nômades – malucos de estrada –,  no Brasil. Foram percorridos 17 estados do país, incluindo mais de 80 municípios e mais de 200 pessoas entrevistadas.

Diferentemente de um filme com roteiro pré-definido, este filme constitui-se numa missão de pesquisa que mergulhou a fundo na história do movimento hippie no Brasil e seus desdobramentos ao se miscigenar com vários aspectos sócio-político-culturais de nosso país, dando origem à expressão cultural protagonizada pelo maluco de “BR”. No decorrer da pesquisa, novas temáticas, perguntas e inquietações foram surgindo, dando novos contornos e desdobramentos ao processo vivo e dinâmico de investigação.

Sabemos do compromisso que temos com os colaboradores que ao longo deste ano financiaram esta empreitada e que aguardam ansiosos por conhecer esta cultura que por 40 anos foi tornada invisível pela incapacidade de pesquisadores, das instituições governamentais, da imprensa e da sociedade em geral em compreender este universo alternativo.

Também estamos cientes da enorme responsabilidade que este filme traz consigo, já que ele deve atender – além da expectativa dos colaboradores –, à uma carência e demanda de pesquisa sobre o tema, provavelmente servindo de base para futuras politicas públicas e para o reconhecimento desta manifestação cultural brasileira. Além disso, o filme traz uma narrativa de busca pessoal, quebra de padrões e busca pelo autoconhecimento.

Nos últimos dois meses, temos recebidos pouquíssimas contribuições, o que dificulta muito o andamento do documentário, já que os realizadores têm de cumprir dupla jornada, mantendo outros trabalhos para subsidiar a execução do documentário. Tudo isso deixa o processo mais lento e por isso pedimos a compreensão de todos.

A montagem e edição do documentário Malucos de Estrada já está em andamento. Mas hoje estamos partindo para uma nova e quem sabe a última missão de pesquisa para preencher algumas lacunas que surgiram no decorrer da montagem  do filme. O destino é a Aldeia Hippie de Arembepe, na Bahia.

Nossa expectativa é que o trailer do filme seja lançado ainda em dezembro, sendo que a primeira versão do filme deve ser lançada logo no inicio de 2014.

Anúncios

From → Sem categoria

16 Comentários
  1. Luiz Carlos Duarte permalink

    Legal, muito afim de ver este filme nas telas. Parabéns pelo tema e pelo trabalho.

  2. Super na expectativa por esse documentário. A seis meses atrás fiz umas entrevistas com uns malucos da praça Sete, em BH, e desde então sou fã desses caras

  3. julianoaris permalink

    Olá gostaria de saber se ainda estão arrecadando, contribuiçoes para o filme ou  ja  se  encerrou ? desde ja  agradeço a  atençao paz abraço ate  mais 

    • Rafael permalink

      Olá Juliano, até o momento arrecadamos pouco mais de 31.085 reais. Não é nem metade do que precisávamos, mas consultamos os colaboradores e decidimos juntos realizar o documentário mesmo assim. O que não entrou pelo financiamento, nós estamos complementando com nossa força de trabalho. A finalização do documentário esta demorando um pouco pois temos de fazer dupla jornada, realizando trabalhos pessoais para financiar a causa coletiva. E também continuamos a receber novas contribuições, que são importantíssimas neste momento.

      Abraços pra ti e grato por se interessar pela causa.

  4. Parabens pelo trabalho. Estou ansiosa pra ver…..

  5. Oi, já conseguiram viabilizar tudo, então? Os R$ 60.000,00 foram alcançados?

    • Rafael permalink

      Olá Felippe, até o momento arrecadamos pouco mais de 31.085 reais. Não é nem metade do que precisávamos, mas consultamos os colaboradores e decidimos juntos realizar o documentário mesmo assim. O que não entrou pelo financiamento, nós estamos complementando com nossa força de trabalho. A finalização do documentário esta demorando um pouco pois temos de fazer dupla jornada, realizando trabalhos pessoais para financiar a causa coletiva. E também continuamos a receber novas contribuições, que são importantíssimas neste momento.

      Abraços pra ti e grato por se interessar pela causa.

  6. jaqueline permalink

    Olá! Sou Jaqueline, tenho 23 anos, resido em Senhor do Bonfim-Ba e estou a procura de uma pessoa muito importante em minha vida.
    Quando encontrei o seu site com essa causa mais do que justa; vi uma oportunidade ímpar desse reencontro, pois; ele é um “HIPPIE” chamado Saulo, tem entre 1,80 e 1,90 de altura, olhos verdes, pardo, tem uma carpa tatuada na perna, uma deusa indiana em um dos braços e varias no outro, no abdômen também tem algumas tatuagens,piercing no nariz, alargador na orelha, cicatriz na testa e cabeça.
    A última vez que o vi foi em junho deste ano (2013) ele estava usando um corte moicano. Peço que me ajude, que possa me dizer que pelo menos o conhece ou o encontrou em algum lugar, já estou aflita pois preciso revê-lo.

    Agradeço, desde já!

    • Rafael permalink

      Olá Jaqueline, infelizmente não me recordo do Saulo, mas ficarei atento agora, se tiver noticias entro em contato contigo.

      Abraços.

      • jaqueline alves permalink

        Fico muito grata!
        Esperarei ansiosa.

        Abraço.

  7. Richard permalink

    Olá pessoal do Beleza da Margem.
    Gostei muito da ideia e gostaria de contribuir para a realização do documentario. O problema é que não tenho cartão brasileiro (moro fora do país). Nesse caso o que tenho que fazer?
    E como vcs farão (e qdo) a devolução do dinheiro no caso de que o arrecadado não chegue aos 66.000?
    Obrigado

    • Rafael permalink

      Olá Richard, para receber colaborações internacionais estamos utilizando esta plataforma: http://www.gofundme.com/malucosenglish
      Os vídeos também estão legendados em inglês, espanhol e francês, fique a vontade para compartilhar com seus contatos de outras línguas.

      O filme já esta em fase de finalização e será publicado no inicio de 2014, estamos dependendo de novas contribuições para concluir o processo de edição. Mas se em uma hipótese muito remota não atingirmos o valor necessário, a devolução é feita ao cartão de crédito que realizou a doação.

      Abraços e grato pela força!

      Grato pela força camarada!

  8. Como anda a finalização do documentário? Alguma previsão? Ansiosa! Hehe abraço

    • Rafael permalink

      Olá Maria, ainda não temos uma previsão, mas estamos na fase de edição e finalização, não demora muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: